menu
Vinícolas Plano Mais Saúde Igreja Matriz Bolachas Plano Mais Saúde Bolachas Rosas Móveis
Notícias

IX SEMINÁRIO DA IMIGRAÇÃO ITALIANA MG

Autor: ACIRA CDL ANDRADAS
Incluída em: 05/09/2019

IX SEMINÁRIO DA IMIGRAÇÃO ITALIANA EM MG SERÁ EM ANDRADAS, NOS DIAS 20, 21 E 22 DE SETEMBRO

 

Pela primeira vez no Sul de Minas, evento que trata da imigração italiana no Estado propõe debate sobre formas de desenvolvimento local e sustentável, comuns na Itália e que podem ser reproduzidas por aqui. Para falar sobre o assunto, o Seminário contará com a presença de dois convidados internacionais, especialistas em agriturismo

 

O Seminário da Imigração Italiana em MG é um evento anual que envolve palestras, debates, exposições e trocas de conhecimento sobre a história e a importância da presença italiana no Estado. Busca, também, incentivar intercâmbios culturais e comerciais entre Minas e a Itália, por meio de discussões sobre temáticas atuais e pertinentes acerca do que ocorre lá e aqui.

Em 2019, pela primeira vez, o Seminário acontece no Sul de Minas, mais especificamente no município de Andradas. Por causa do crescimento da produção do café, além do fim da escravidão – dois fatos ocorridos no mesmo período – a região viu surgir, entre o final do século XIX e o início do século XX, uma explosão migratória. Milhares de famílias deixaram a Itália e vieram tentar a sorte trabalhando nas fazendas de café do entorno – que compreende não apenas o Sul de Minas, mas também o Oeste paulista, que, inclusive, incentivou a vinda da mão-de-obra italiana de forma subsidiada. Atraídos pelas oportunidades de trabalho em território mineiro, bem como pela expansão da rede ferroviária na região, muitos italianos se deslocaram de SP para o Sul mineiro. Com o tempo, compraram pequenas porções de terras e se estabeleceram em cidades como Poços de Caldas, Andradas e Ouro Fino.

Apesar dessa presença forte de italianos e descendentes, e que se faz influente ainda hoje em toda a região, sobretudo na atividade agrícola, existem poucos trabalhos científicos e históricos a respeito. O Seminário busca fomentar novas pesquisas, divulgar novos dados e informações e debater, tanto com os próprios descendentes que protagonizam esta história, quanto com a população em geral, quais são os reflexos das contribuições da imigração italiana em MG e em todo o Brasil.

Não menos importante é o incentivo que o evento dá ao debate sobre temas atuais, sempre com o intuito de divulgar a Itália de hoje e suas possíveis relações com nosso Estado. Terra de inúmeros atrativos turísticos, a Itália é mundialmente reconhecida como detentora de um patrimônio histórico, natural, gastronômico e social incomparáveis.

O modelo do agriturismo – atividade turística que envolve o contato com a terra, com as tradições familiares e com a agricultura socialmente responsável – se desenvolveu enormemente na Itália desde seu surgimento, em meados dos anos 70. É, hoje, um setor de fundamental importância para a boa sobrevivência dos pequenos produtores rurais e para as famílias que vivem da terra. O agriturismo une o que a Itália tem de melhor a oferecer ao mundo, do ponto de vista turístico, à agroeconomia sustentável e multifuncional.

Para falar sobre o agriturismo na Itália, dois convidados italianos, experts no tema, participarão dos debates durante o Seminário. O primeiro é o romano Carlo Hausmann, doutor em Ciências Agrárias, diretor general da Agro Camera que integra a Câmara de Comércio de Roma. Hausmann é especialista em desenvolvimento rural, produções alimentares típicas e agriturismo. O segundo convidado italiano é o professor Saverio Senni, do Departamento de Ciências Agrárias e Florestais da Universidade de Tuscia, em Viterbo.

Por suas características fortemente ligadas às tradições e ao trabalho em família, por seu caráter sustentável e por suas relações com o campo e com a natureza, o agriturismo italiano é um modelo que pode perfeitamente se adequar à realidade local do Sul de Minas, especialmente entre os descendentes que conservam laços históricos com os hábitos e os costumes da Itália. Assim, este será um dos eixos temáticos a serem debatidos durante o Seminário.

Além disso, o evento convida a todos – descendentes de italianos ou não – a participar dos debates e palestras, objetivando saber um pouco mais da experiência da imigração italiana em MG e na região Sul do Estado, e, quem sabe, conhecer as próprias origens. Num país em que cerca de 30 milhões de pessoas têm ascendência italiana – cerca de 15% de toda a população – é fundamental este resgate da história, por meio de pesquisas, levantamentos e, claro, da tradição oral e da memória das pessoas.

O IX Seminário da Imigração Italiana em Minas Gerais acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de setembro. Todo o evento é gratuito e aberto para o público em geral. As palestras e mesas são transmitidas ao vivo, podendo ser acompanhadas via Facebook e YouTube, nos canais do Seminário.

 

Mais informações e inscrições no site: www.ponteentreculturas.com.br/seminario2019

 

E nas redes sociais: facebook.com/SeminarioImigracaoItalianaMG

 

instagram.com/imigracaomg

 

twitter.com/ImigracaoMG

 

Vídeo: www.youtube.com/watch?v=Ucxq2jRtGrA

 




Av. Dr. Bias Fortes, 155 | Centro | Andradas - MG

35.3731.1349

 

conecte-se a ACIRA


@aciraandradas   Facebook   Entre em contato!
   
www.elitevisual.com.br